AT&M Tecnologia
Home » Notícias » Malha ferroviária deve dobrar de tamanho em 8 anos 

Malha ferroviária deve dobrar de tamanho em 8 anos 


Publicado em: 22 de janeiro de 2019

A participação das ferrovias na matriz do transporte brasileiro deve passar dos 15% para 30% em oito anos, afirmou o ministro da Infraestrutura Tarcísio Freitas, em vídeo divulgado ontem (21.01), quando ele anunciou parte dessa meta, com a licitação da ferrovia Norte-Sul, que vai ligar o Porto Nacional em Tocantins à Estrela d’Oeste (SP), que está prevista para o próximo mês de março. Segundo ele, esses projetos vão ajudar a tirar caminhões das rodovias e diminuir o custo do frete, além de revolucionar o agronegócio brasileiro.

Além disso, devemos ter mais duas concessões ferroviárias em 2019, ou no máximo no início de 2020. São elas: a concessão da Ferrovia Integração Oeste-Leste na Bahia, que vai ligar Caetité ao Porto de Ilhéus. A licitação da Ferrogrão terá um potencial transformador para o agronegócio do Mato Grosso proporcionando a segunda revolução para o setor e que terá impacto positivo no frete. Já o Porto de Itaqui (MA) será interligado ao Porto de Santos (SP)., destacou Tarcísio Freitas.

Contratos de concessão – Em paralelo, segundo o ministro, o governo fará a prorrogação antecipada de contratos de concessão para a malha ferroviária. “Vamos usar as outorgas devidas pela prorrogação de contratos para construir novos segmentos. Desta forma, a concessionária fica responsável pela construção de um novo trecho e será responsável pelo pagamento da outorga. Uma vez a ferrovia construída, a obra passa a ser da União, que terá a possibilidade de licitar a operação e gerar uma nova outorga e reaplicada em outro trecho. A primeira ferrovia que será construída dessa forma é a de Integração Centro-Oeste, que vai ligar Água Boa (MT) a Campinorte (GO).

Os projetos anunciados pelo governo federal devem ajudar na diminuição do “Custo Brasil”, além de impulsionar o setor ferroviário no país que atualmente possui cerca de 31 mil quilômetros de extensão, considerada pequena em relação ao tamanho do território e das necessidades de transporte. Na comparação com a rede ferroviária norte americana, considerada a mais  extensa do mundo, os Estados Unidos possuem cerca de 226,612 mil quilômetros. Já a China com a 3ª maior malha ferroviária do mundo tem 85 mil quilômetros de ferrovias, sendo 13 mil de alta velocidade (até 350km/h) responsáveis pelo transporte de  3,3 bilhões de toneladas de carga.


Uma resposta para “Malha ferroviária deve dobrar de tamanho em 8 anos ”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AT&M Tecnologia - Todos os direitos reservados 2018

Desenvolvido por Slidez Integração Digital