AT&M Tecnologia
Home » Notícias » Pré-sal trará maior impacto na logística do que teve o agronegócio?

Pré-sal trará maior impacto na logística do que teve o agronegócio?


Publicado em: 14 de maio de 2019

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O pré-sal deve significar para a logística impacto maior na comparação com o boom agronegócio. As reservas de petróleo já confirmadas e em fase de desenvolvimento de produção permitirão que o Brasil, em um prazo máximo de cinco anos, torne-se um importante exportador de petróleo, afirma  João Willy Corrêa Rosa, professor da Universidade de Brasília. ” Se as expectativas de 100% de aumento na produção de petróleo se confirmarem para os próximos 3 a 5 anos, pode realmente haver uma mudança de peso na economia do Brasil com destaque para o setor da logística, afetando todos os modais: marítimo, cabotagem, rodoviário, ferroviário, fluvial e rede de dutos”,  destaca o  professor. A seguir, confira mais detalhes da entrevista sobre como a logistica pode ter forte impacto com o crescimento do setor.

Quais são as perspectivas de crescimento do setor de petróleo e gás no País? 

A Agência Nacional do Petróleo (ANP ) declarou nos últimos meses, que as transformações do setor ocorrem a partir da Petrobras que tem atraído investimentos.  O volume das reservas já confirmadas e em fase de desenvolvimento de produção permitirá que o Brasil, em um prazo máximo de cinco anos, torne-se um importante exportador de petróleo. Soluções estruturais no setor serão vistas como prioritárias.

Demandas antigas na área de logística, como desburocratização do modelo fiscal adotado atualmente, adoção de um modelo de controle digital e uniforme em todos as unidades da Federação, além da adoção de multimodalidade, são algumas das mudanças que serão necessariamente vistas como imperativas no setor de logística no Brasil.

A indústria do petróleo lida com a commodity mais valiosa na economia mundial.  O incremento no uso de fontes alternativas de energia é vigoroso, mas o petróleo deverá ocupar ainda a parte mais importante da matriz energética da economia mundial, sendo praticamente imbatível por, pelo menos, mais duas ou três décadas.  Assim, o crescimento atual no setor de petróleo no Brasil, impulsionado pelas comprovadas descobertas do pré-sal, deverá impactar, de forma muito positiva, a economia do Brasil no mesmo período.

Hoje, em que patamar estão o petróleo e o gás, e o que se pode esperar para daqui a 5 anos?


A produção média foi de 2,631 milhões de barris por dia em janeiro de 2019 (dados da Agência Nacional do Petróleo).  O Brasil exporta atualmente, em média, 1 milhão de barris de petróleo por dia e importa, em média, meio milhão de barris de derivados de petróleo por dia. A produção de petróleo dos campos do pré-sal das bacias de Santos e de Campos ultrapassaram, no segundo semestre de 2017, a produção dos antigos campos do pós-sal da bacia de Campos, que mantiveram a economia brasileira desde a década de 1970.

Segundo dados da ANP, o País tem atualmente 641 poços produtivos do pós-sal, com uma média de produção diária de 1654 barris de petróleo para cada poço localizado na plataforma continental brasileira, enquanto que temos 86 poços produzindo no pré-sal, com uma média diária de 16.547 barris por poço.  Trata-se evidentemente de um aumento de 10 vezes na produtividade por poço.  As perspectivas, para os próximos três anos, é que a produção brasileira de petróleo aumente para uma média de 5 milhões de barris por dia.  Com isso, o Brasil tornar-se-á o quinto maior produtor de petróleo do mundo.

É possível acreditar que terá tanta importância para a logística como o agronegócio teve?

O aumento radical de produção e de produtividade que a indústria do petróleo vive no Brasil pode significar que observaremos um possível “game changer” em ação na economia de nosso país.  Atualmente o setor representa 13% do PIB do país (dados da Abespetro), enquanto que o IBGE estima que o agronegócio, mais recente “game changer” da economia brasileira, represente 23% do PIB brasileiro.  Se as expectativas de 100% de aumento na produção de petróleo se confirmarem para os próximos 3 a 5 anos, pode realmente haver uma mudança de peso na economia do Brasil e um grande impulsionamento no  setor de logística no país.

Que impacto o avanço do Óleo e Gás terá para a logística e o supply chain?  Quais seriamos reflexos imediatos?

Os reflexos imediatos devem ocorrer em áreas envolvendo grandes volumes de petróleo e gás produzidos pelos campos do pré-sal, como na ampliação e modernização de refinarias de petróleo existentes, ampliação da rede de oleodutos e gasodutos existentes, no aumento no transporte de cabotagem e no aumento da atividade em terminais portuários.  Com relação às refinarias de petróleo e rede de oleodutos e gasodutos, o Governo Federal promove atualmente a privatização de grande parte do setor.  Isso deve ter como consequência imediata o aumento de investimentos privados para modernização e ampliação dos sistemas.

Os impactos para a logística serão certamente observados diretamente nestes setores, acompanhando as necessidades no transporte associado à indústria pesada, na movimentação de petróleo, gás, derivados petroquímicos e na distribuição de combustíveis.  Apesar do preço das commodities do setor acompanharem necessariamente os preços praticados no mercado internacional, o aumento de volume produzido, a desregulamentação no setor, com o aumento das bandeiras atuando na distribuição do mercado de varejo e o uso de gás natural, podem liberar um pouco a pressão sobre o preço do óleo diesel.  Todavia, isso é um assunto que envolve outras variáveis, incluindo questões tributárias

E a multimodalidade, o que acontecerá com ela em função desse boom?

Antevemos que os reflexos no setor de logística afetarão todos os modais: marítimo, cabotagem, rodoviário, ferroviário, fluvial e rede de dutos.  Na verdade, com a inclusão de grandes empresas internacionais de petróleo, já atuantes paralelamente à Petrobras na prospecção e produção de petróleo e gás natural no Brasil, a multimodalidade, assim como outros conceitos fundamentais em logística moderna serão incentivados.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AT&M Tecnologia - Todos os direitos reservados 2018

Desenvolvido por Slidez Integração Digital